sexta-feira, 1 de março de 2024

Tecnologia na Educação: Projeto Alura para 1ª à 3ª série do Ensino Médio com Scratch

Aulas de Tecnologia e Inovação, programação em bloco com Scratch para 11ª à 3ª série do Ensino Médio

Listas: criando o seu jogo de cartas com listas e padrões

Nesta aula você aprenderá:

·         * Aprenda a transformar em algoritmos as regras de um jogo de cartas;

·       *   Use seus conhecimentos de matemática e programação para criar seu próprio jogo cartas;

·         * Identifique padrões e crie estratégias eficazes para resolver problemas;

·        *  Entenda como dividir problemas grandes em partes menores;

·        *  Crie listas para guardar e manipular os dados do seu jogo.

BORA JOGAR!

SUPER TRUNFO

Clique na Bandeira verde e inicie o jogo.

Escolha um atributo (Inteligência - Força - Velocidade) e compare com a carta oculta do OPONENTE.

Acompanhe a pontuação e boa sorte!



Notas e Créditos

Professor Especialista em Currículo

Alexandre Borgonovi

Fonte: https://bit.ly/supertrunfo1

segunda-feira, 29 de janeiro de 2024

Escolas: Provão Paulista: Educação divulga lista de aprovados para vagas em universidades

Participação dos estudantes da rede estadual foi maior que em vestibulares como Fuvest e Unicamp; USP estuda ampliar vagas ofertadas

Fonte: https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/provao-paulista-educacao-divulga-lista-de-aprovados-para-vagas-em-universidades/

 


O secretário da Educação do Estado de São Paulo, Renato Feder, divulgou na manhã desta sexta-feira (26) o resultado da primeira edição do Provão Paulista Seriado, iniciativa que garante o acesso de estudantes que concluíram a 3ª série do Ensino Médio em 2023 na rede pública a 15.369 vagas diretas no ensino superior. A coletiva ocorreu na sede da Secretaria da Educação (Seduc-SP), na Praça da República, na capital paulista.

Feder destacou a democratização do acesso ao vestibular 2024 promovido pelo Provão Paulista. “Nós tivemos 180.024 estudantes que passaram por todas as primeiras etapas do processo de seleção, a inscrição, a participação nos dois dias de provas e a escolha de cursos no portal do estudante. A efeito de comparação, esse número é 3,5 vezes maior que a quantidade de alunos da rede estadual inscritos nos vestibulares das melhores universidades do estado. Esses números comprovam a grandeza dessa política pública, que considero a mais importante entre as implementadas pela Seduc-SP em 2023, porque temos em São Paulo as principais instituições e estamos ampliando o acesso dos nossos estudantes a elas”, afirma.

O sucesso do Provão Paulista fez o reitor da USP, Gilberto Carlotti Junior, anunciar que a USP estudará, neste ano, a ampliação das atuais 1.500 vagas na universidade para 2.000 na próxima edição do exame.

O comparativo de participantes apresentado por Feder pode ser ainda maior, de acordo com o reitor da USP. Segundo Carlotti, entre os 52.358 alunos inscritos nos vestibulares da Fuvest, Unesp e Unicamp, há estudantes que prestaram mais de um processo seletivo, além dos estudantes já formados em anos anteriores na rede estadual e que continuam pleiteando uma vaga. “A média de tempo de cursinho é de quatro anos para ingresso na Fuvest. Com o Provão Paulista, nós estamos buscando e valorizando esses talentos da escola pública”, corrobora.

Das 15.369 vagas destinadas ao Provão Paulista, a pasta anunciou na manhã desta sexta-feira a convocação dos estudantes que já podem se matricular, a partir da próxima segunda-feira (29), às 8h, na Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatecs), nos cursos que terão início no primeiro semestre. Na primeira etapa, as matrículas devem ser feitas até as 20h do dia 30 de janeiro.

Essa é a primeira de três chamadas do Provão Paulista para o primeiro semestre. Individualmente, cada estudante pode consultar suas notas na avaliação e se foi chamado para a primeira etapa de matrícula no portal https://provaopaulistaseriado.vunesp.com.br/. Os alunos que concluíram a 3ª série nas redes estaduais e municipais de SP devem acessar o portal com nome e RA (registro do aluno). Alunos de outras redes devem fornecer nome e CPF.

As próximas chamadas estão marcadas para os dias 2 e 9 de fevereiro. Haverá, ainda, a convocação de estudantes para todos os cursos da Univesp, uma vez que os cursos terão início no segundo semestre, e parte dos aprovados nas Fatecs, nos cursos que são ofertados a partir do mesmo período.

O secretário exaltou as inovações do Provão Paulista. “Os estudantes da rede pública não precisaram pagar nenhuma taxa para participar da avaliação. Agora, já começamos a trabalhar para que os nossos índices de participação sejam ainda maiores na edição deste ano. Para a próxima edição, a expectativa é aumentar o número de vagas”. Feder reforçou que, por se tratar de uma avaliação seriada, a Secretaria poderá acompanhar mais de perto o rendimento dos alunos ao longo das três séries do Ensino Médio.

Gabriel Oliveira Fernandes, de 17 anos, concluiu o Ensino Médio na Escola Estadual Olavo Hansen, em Mauá, e é o primeiro colocado para medicina na região metropolitana de São Paulo, aprovado na USP Bauru. Ele reconhece as dificuldades da escola pública, mas exalta a importância do Provão Paulista para mudar a história dos estudantes da rede estadual. “Essa é uma chance muito boa para os estudantes das escolas estaduais, porque são as pessoas que mais merecem estar nas universidades públicas”, reconhece.

Em Presidente Prudente, a estudante Lara Sousa Christofaro, da Escola Estadual Monsenhor Sarrion, é a segunda colocada entre alunos da Seduc-SP em medicina, também da USP Bauru, e será colega de Gabriel. Além de estudar durante todo o Ensino Médio na escola Sarrion, ela também se formou em inglês e libras no Centro de Estudos de Línguas (CEL), da mesma unidade. “A escola Sarrion é uma instituição exemplar e conta com muitos professores engajados, que fazem questão de torcer pelos estudantes e auxiliá-los tirando dúvidas e esclarecendo conteúdos importantes. A estrutura também é agradável e traz aos alunos um bom ambiente para se estudar, principalmente àqueles que realmente demonstram interesse em aprender”, elogia.

Resultado da apuração

Sobre o vazamento do tema da redação do Provão Paulista para a 3ª série do Ensino Médio, Feder informou que a comissão formada pela pasta, pelas universidades e Fatec e pela Vunesp não constatou nenhuma intencionalidade ou crime de fraude. Os estudantes que tiveram acesso antecipado ao tema da redação refizeram a prova na data prevista para reaplicação, mesmo período destinado a alunos das escolas indígenas e da Fundação Casa. No entendimento técnico, apenas o tema da redação — mesmo nas redes sociais — não seria suficiente para alterar a nota dos estudantes, uma vez que seria necessário cumprir o proposto em quatro textos de apoio que acompanharam a prova de redação.

Números e outras informações sobre os resultados do Provão Paulista:

• Número de inscritos: 386.485
• Estudantes que fizeram o Provão: 260.669
• A avaliação foi aplicada em 4.000 escolas, 3.600 estaduais
• 65.111 atingiram a nota mínima na prova objetiva e tiveram suas redações corrigidas. 2.115 delas foram zeradas
• 62.995 estudantes passaram nas provas objetivas e obtiveram notas na redação e foram classificados no Provão
• Dos aprovados na primeira chamada, 73,9% são da rede estadual, 16,6% do Centro Paula Souza e 9,5% dos municípios e outras redes públicas
• Estudantes podem ser aprovados nos dois primeiros grupos da primeira chamada — o da USP, Unesp e Unicamp e o das Fatecs. É preciso apenas que ele opte pela matrícula na vaga de sua escolha.

Matrículas

Como prevê o edital, a Educação divulgará três chamadas unificadas, ou seja, com a nota e opções determinadas pelos estudantes. A primeira etapa de matrícula acontece entre os dias 29 de janeiro, às 8h, e 30 de janeiro, às 20h. É preciso que cada estudante atente-se a todas as regras de cada universidade e das Fatecs publicadas na Instrução Normativa para Matrículas de cada instituição, publicadas no portal do Provão. As instituições conveniadas no Provão Paulista Seriado também poderão, se houver necessidade, divulgar listas de chamadas posteriores às três organizadas pela Seduc-SP.


Alunos aprovados no Provão Paulista Diretoria de Ensino Região de Catanduva


EE DR CARLOS AUGUSTO FROELICH

 

AUGUSTO HENRIQUE ANTIGNANI VILELA - Geografia - Bacharelado e Licenciatura - Ourinhos

MARIA VITORIA BARBUIO - FATEC - Gestão Empresarial - Catanduva

LAVÍNIA EVELIM MARIANO - FATEC - Gestão Empresarial  - Catanduva

 

EE PROFª ELMIRA GOULART PEREIRA – CAJOBI

 

LUCAS DA SILVA FONSATE - FATEC - Logística - Fatec Bebedouro

IZABELLY APOLINARIO FONSECA - FATEC - Gestão Empresarial - Garça

 

 

EE ANTÔNIO MAXIMIANO RODRIGUES

 

ANNA LYVIA DA SILVA QUEIROZ- USP- Administração  Ribeirão Preto  e  FATEC- Gestão Empresarial - Catanduva

GUILHERME MARQUESINI GIBERTONI ATTILIO - FATEC- Fabricação Mecânica - Sorocaba

VINÍCIUS DE OLIVEIRA - UNESP- Farmácia - Araraquara  e FATEC Gestão Empresarial - Catanduva

 

 

EE JOÃO GOMIERI SOBRINHO

 

MIGUEL AUGUSTO NUNES FANHANI - Física - Bacharelado em Física Biológica e Licenciatura em Física - Integral - São José do Rio Preto

MIGUEL AUGUSTO NUNES FANHANI - FATEC - Sistemas para Internet -  Fatec Taquaritinga

PEDRO MARIANO SANTOS  FATEC -  Mecatrônica Industrial -  Fatec Sertãozinho

PEDRO MARIANO SANTOS  UNESP - Geografia - Bacharelado e Licenciatura - Ourinhos

WESTER LUAN OLIVEIRA DA SILVA - FATEC - Gestão Empresarial - Fatec Catanduva

 

EE PROFESSORA CAROLINA DE QUADROS TOLEDO

 

GABRIEL JULIANO CAROSIO - FATEC - Sistemas Biomédicos - Ribeirão Preto

LUIZ MIGUEL BOVONI BARBOZA - FATEC - Agronegócio Taquaritinga

 

 

EE PAULO DE LIMA CORRÊA

 

EDUARDO SIQUEIRA MAURICIO  USP - Engenharia Elétrica (Bacharelado) - Integral - São Paulo e

FATEC  - Automação Industrial -  Catanduva

MARIA EDUARDA DA SILVA GARCIA FATEC - Automação Industrial –  Osasco e USP - Engenharia Agronômica (Bacharelado) - Piracicaba

MARIA EDUARDA RODRIGUES FATEC - Comércio Exterior -  Itapetininga – e FATEC - Produção Têxtil - Americana

DIEGO LOUREIRO DOS SANTOS FATEC - Gestão de Comércio Eletrônico - Barueri

 

EE GIUSEPPE FORMIGONI

 

DANIEL LINO DA CONCEICAO - FATEC - Produção Industrial - Taquaritinga

 

 

EE DR. NESTOR SAMPAIO BITTENCOURT

 

RAPHAEL CHAGAS - FATEC - 0220703 - Agronegócio - Taquaritinga

SAMUEL BATISTA DE OLIVEIRA DUARTE - UNESP - Meteorologia - Bacharelado - Integral – Bauru

NICOLAS TADEU USAN DE LIMA - FATEC - Gestão da Tecnologia da Informação  - Fatec Catanduva

NICOLAS TADEU USAN DE LIMA - UNESP - Educação Física - Bacharelado  – Bauru

 

EE SHIRLEY CAMARGO VON ZUBEN

 

GABRIEL DE OLIVEIRA BELINI - Gestão Empresaria l- FATEC  GARÇA

 

 

EE SATURNINO ANTONI ROSA

 

RAISSA MOITINHO - Administração - Unicamp

HANNA LEA - Gestão - Fatec


quinta-feira, 5 de outubro de 2023

Tecnologia na Educação: Mais Dois dias de atividades práticas com Tecnologia e Programação

Reuniões de trabalho presenciais com orientações para continuidade e fortalecimento das aulas de Tecnologia e Inovação

As reuniões ocorreram nos dias 03 e 04/010 no espaço educacional CIEBP Catanduva, anexo à UE Barão do Rio Branco, docentes de tecnologia e inovação elaboraram sequencias didáticas para as aulas de Tecnologia e Inovação do 6º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio.

Nos dois dias de formação, os docentes realizaram projetos com programação em blocos na plataforma  SCRATCH seguindo material didático disponibilizado para todas as escolas da  Rede Estadual na plataforma CMSP – ALURA.


Veja as fotos no FLICK, clique aqui

“Fortalecer o processo de aprendizagem através de plataformas educacionais, de forma personalizada, contextualizada, significativa e integrada ao currículo e demais iniciativas SEDUC”




Diretoria de Ensino Região de Catanduva

Núcleo Pedagógico

Tecnologia Educacional

 

terça-feira, 5 de setembro de 2023

Escolas: Unesp 2024 | estudantes da rede estadual já podem fazer inscrição com desconto de 75%

Universidade reserva 50% das vagas para quem cursou o Ensino Médio integralmente em escolas públicas – regular e EJA

Fonte: saopaulosp.gov.br 


A Universidade Estadual Paulista (Unesp) abre nesta segunda-feira (4) o período de inscrições para o vestibular 2024. No total, são 6.596 vagas distribuídas em 64 cursos acadêmicos. Os interessados têm até 9 de outubro para fazer o cadastro no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br). Estudantes matriculados na rede estadual de São Paulo são beneficiados com desconto de 75% da taxa, cujo valor integral é de R$ 192,00. Com a dedução, o valor passa para R$ 48,00. 

Acessando o site da VUNESP https://www.vunesp.com.br/VNSP2303 , é necessário preencher todos os dados da ficha de inscrição, inclusive o RA, para que o sistema da instituição possa gerar automaticamente o boleto bancário com o desconto. 


Deve informar “Sim” quando solicitado se ‘possui um Voucher’ e imediatamente informar o número do RA

 


Cronograma: Período de inscrição e impressão do Boleto Bancário com a taxa reduzida: 04/09 a 09/10/2023. 

Valor a ser pago: R$ 48,00. 

Segue link do “guia das profissões” para que você possa conhecer melhor todos os cursos gratuitos oferecidos pela UNESP.  

Guia de Profissões online: https://vestibular.unesp.br/portal#!/guiadeprofissoes

App Vestibular UNESP: https://app.vc/graduacao_unesp.

 

Manual do Candidato



No processo seletivo da Unesp, os candidatos que estudaram integralmente o Ensino Médio (da 1ª à 3ª série) em escolas públicas — regular ou Educação de Jovens e Adultos (EJA) — estão aptos a participar do Sistema de Reserva de Vagas, que prevê a esse grupo uma cota de 50% das oportunidades. Desse percentual, 35% são destinados àqueles que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas.  

A partir deste ano, pela primeira vez, os estudantes da rede estadual poderão buscar uma vaga na Unesp também por meio do Provão Paulista. A nova avaliação garante entrada direta às universidades públicas paulistas. Para 2024, são 934 vagas disponíveis na Universidade Estadual Paulista. Além da Unesp, participam do sistema a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e as Faculdades de Tecnologia (Fatecs), totalizando 13 mil vagas.  

“O Provão Paulista será aplicado em formato seriado ao final do ano letivo de cada uma das três séries do Ensino Médio. A nota do candidato será a média acumulada dessas três avaliações. Mas já neste ano, em novembro, os resultados do exame poderão ser usados para ingresso dos estudantes da 3ª série”, explica o secretário da EducaçãoRenato Feder. “Assim como no vestibular tradicional, os candidatos terão os conhecimentos avaliados em provas presenciais de múltipla escolha e redação. É mais uma maneira de permitir aos nossos alunos o acesso ao ensino superior”, completa.  

Provas da 1ª fase: 15 de novembro 

O vestibular da Unesp é dividido em duas fases. A primeira, agendada para 15 de novembro, é composta por 90 questões de múltipla escolha, incluindo as quatro áreas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC): Linguagens e suas Tecnologias, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.  

Já a segunda fase é realizada em duas datas, com 36 questões discursivas e uma redação. No dia 10 de dezembro, são 24 perguntas nas áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Em 11 de dezembro, é a vez de responder às 12 questões Linguagens e suas Tecnologias e a Redação. A divulgação da lista geral dos classificados está prevista para 31 de janeiro de 2024.  

Os cursos da Unesp são oferecidos em 24 cidades paulistas: Araçatuba, Araraquara, Assis, Bauru, Botucatu, Dracena, Franca, Guaratinguetá, Ilha Solteira, Itapeva, Jaboticabal, Marília, Ourinhos, Presidente Prudente, Registro, Rio Claro, Rosana, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, São Vicente, Sorocaba e Tupã.

sexta-feira, 1 de setembro de 2023

Tecnologia na Educação: Dois dias de muito aprendizado com Tecnologia e Programação

Reuniões de trabalho presenciais com orientações para implementação das Plataformas Educacionais de Programação nas aulas de Tecnologia e Inovação.

As reuniões ocorreram nos dias 30 e 31/08 no espaço educacional CIEBP Catanduva, anexo à UE Barão do Rio Branco com intuito de orientar docentes de tecnologia e inovação nas aulas utilizando as Plataformas Educacionais de Programação disponibilizadas para as Escolas da Rede Estadual. 

Nos dois dias de formação, docentes conheceram e experimentaram sequência didática com Programação em bloco, funcionalidades e sugestões de práticas para as aulas de Tecnologia e Inovação.

 

Veja no FLICKR

Veja as fotos no FLICK, clique aqui


“Fortalecer o processo de aprendizagem através de plataformas educacionais, de forma personalizada, contextualizada, significativa e integrada ao currículo e demais iniciativas SEDUC”




Diretoria de Ensino Região de Catanduva

Núcleo Pedagógico

Tecnologia Educacional

 

terça-feira, 29 de agosto de 2023

Tecnologia na Educação: Material de apoio Para Docentes de Tecnologia - Scratch | Conta para Educadores

Material de apoio

Scratch para Educadores

Professor, seus alunos podem usar o Scratch para programar suas próprias histórias interativas, animações e jogos. No mesmo processo, eles aprendem a pensar criativamente, raciocinar sistematicamente e trabalhar em grupo — habilidades essenciais para todos na sociedade de hoje. Educadores estão integrando o Scratch a muitas áreas e faixas etárias diferentes.

Scratch - Conta para Educadores



Scratch - Montando Turmas e Studios


Scratch - Convidar ALUNO para turma e redefinir SENHA

 


Tecnologia na Educação: Reunião de trabalho - Plataformas Educacionais de Programação

Reunião de trabalho por meio Live Microsoft Teams com tema e apresentação Plataformas Educacionais de Programação.

A Reunião ocorreu na data de hoje (29) com intuito de fortalecer as ações para implementação das Plataformas Educacionais de Programação disponibilizadas para as Escolas da Rede Estadual. 


“Fortalecer o processo de aprendizagem através de plataformas educacionais, de forma personalizada, contextualizada, significativa e integrada ao currículo e demais iniciativas SEDUC


Diretoria de Ensino Região de Catanduva
Núcleo Pedagógico
Tecnologia Educacional

quinta-feira, 17 de agosto de 2023

PNLD: Escolha PNLD 24 Anos Finais Objeto 1

Prezado Diretor e Professor Coordenador; 

Repassamos informações PNLD 24; 

 

Seguimos no PNLD e seremos contemplados com livros do PNLD 24 Anos Finais objeto 1.  

No entanto, em função de uma série de contratempos, as escolas da rede estadual de São Paulo deverão aguardar para registrar suas escolhas na plataforma do PNLD Digital, pois a funcionalidade de registro da escolha segue bloqueada.  

Acreditamos que até segunda, dia 21, já esteja habilitada. Até lá todos os diretores e membros da equipe do livro deverão acessar a plataforma para verificação de cadastro e senhas.  

Dessa vez o acesso à plataforma será via “gov.br” o que exige habilitação aos que ainda não possuem. 

  

Manuais disponíveis para auxiliar o acesso na plataforma PNLD DIGITAL

Passo a Passo para baixar

  

 

  O FNDE elaborou um compilado de perguntas e respostas sobre o PNLD 24. Divulgamos na íntegra, com solicitação de envio às escolas de Anos Finais.

Observamos que o documento é genérico e nacional, determinadas situações não se aplicam à nossa rede de ensino, às DE/UE e devem, portanto, ser desconsideradas.

 Lembramos que nossa rede aguarda desbloqueio das escolas. Assim que a funcionalidade estiver disponível informaremos.

Baixar " PERGUNTAS FREQUÊNTES", clique aqui

Abaixo nota da Pasta publicada esta manhã no portal.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo informa que vai aderir ao PNLD (Programa Nacional do Livro e do Material Didático) para 2024. Dessa forma, os alunos terão à disposição tanto o material baseado no Currículo Paulista quanto os livros didáticos fornecidos pelo MEC (Ministério da Educação). O ofício de adesão ao PNLD 2024 foi enviado ao MEC na tarde desta quarta-feira (15). 

A decisão de permanecer no programa no próximo ano se deu a partir da escuta e do diálogo com a sociedade, que resultou no entendimento de que mais esclarecimentos precisam ser prestados antes de que a mudança seja efetivada. A Secretaria acredita que o mais importante agora é planejar 2024 com foco no alinhamento desses materiais, buscando a coerência pedagógica, a qualidade no conteúdo das aulas ministradas e estabelecendo amplo diálogo para aperfeiçoar o trabalho dos professores. 

Por isso, intensificaremos os canais de consulta com a rede de ensino objetivando a construção de um material didático de alta qualidade, em consonância com os apontamentos e práticas daqueles que o utilizam em sala de aula. A nossa principal meta é oferecer aos alunos um ambiente educacional inovador, com ferramentas e insumos pedagógicos que garantam um processo de aprendizagem mais completo e formem cidadãos preparados para o mundo e com condições de buscarem posições competitivas no mercado de trabalho. 

Assim, no próximo ano, os estudantes da rede estadual paulista terão à disposição: 

• Anos Iniciais – Currículo em Ação (Livro didático e Material Digital) + PNLD Didático e Literário 

• Anos Finais – Currículo em Ação (Livro didático e Material Digital) + PNLD Didático e Literário 

• Ensino Médio – Currículo em Ação (Livro didático e Material Digital) + PNLD Didático e Literário 

A Secretaria tem como premissa o exercício permanente da gestão democrática e entende que a construção de uma política educacional eficiente passa necessariamente por repensar ações e refazer rotas sempre que necessário para garantir uma escola pública acolhedora e geradora de oportunidades.” 


quinta-feira, 29 de junho de 2023

PNLD: Modelo de escolha PNLD 24 Anos Finais – Objeto 1 está prevista para o início de agosto

 Esta mensagem é exclusiva para a rede estadual

 

O FNDE divulgou que a escolha do PNLD 24 Anos Finais – Objeto 1 está prevista para o início de agosto. De acordo com o artigo 13 da Resolução 12/2020 a decisão sobre o modelo de escolha compete às redes de ensino em conjunto com os gestores escolares e professores. Por esse motivo a Seduc – SP realiza uma consulta às escolas que oferecem Anos Finais para que opinem sobre os possíveis modelos de escolha do PNLD.

 a) Material único para cada escola: cada escola irá realizar sua própria escolha individualmente e receberá o material escolhido pelo seu corpo docente;

b) Material único para cada grupo de escolas: todas as escolas da Diretoria de Ensino receberiam o mesmo título. O sistema processará a escolha de cada escola e enviará a obra mais indicada dentre as escolas da regional;

c) Material único para toda a rede: a partir de contabilização da obra com maior indicação pelas escolas o envio será unificado e todas as escolas da rede estadual utilizarão o mesmo título. Frisamos que independente do modelo de escolha adotado cada escola registrará os títulos de sua preferência individualmente no sistema de acordo com a decisão do corpo docente. No caso de unificação regional ou estadual os livros a serem entregues serão os mais indicados dentre os registrados pelas escolas pertencentes à nossa rede. Por ocasião da escolha a escola registrará suas opções de títulos, finalizado o prazo para registro das obras, o sistema identificará e contabilizará o título mais indicado dentre as escolas para que seja distribuído para todas as unidades (da regional ou estadual) o mesmo título.

 

Nossa rede já conhece a opção de livro único por escola. Agora poderá refletir se uma unificação poderá trazer um benefício maior ao processo ensino aprendizagem potencializando nosso trabalho pedagógico.

 

Atenção para o fato de que não se trata da escolha dos títulos e sim do modelo de escolha. O instrumento oficial de escolha dos títulos é o guia digital do PNLD 24 que em breve será divulgado. Anexo PPT com orientações.


Clique para baixar  




quarta-feira, 28 de junho de 2023

Orientação Técnica: Reunião de trabalho com PROATEC – Diretoria de Ensino Catanduva e CIEBP

 No dia 27 de junho os PROATEC das escolas jurisdicionadas a esta Diretoria de Ensino Catanduva, participaram da Orientação Técnica "Reunião de trabalho com PROATEC" no ambiente educacional CIEBP.

Na ocasião, os participantes dialogaram sobre Material Didático Digital, Painel de Monitoramento Aluno Presente, Prova Paulista, Infraestrutura Lógica, equipamentos, Rede de Internet, Projetos, e Programas para Unidades Escolares.

Veja as fotos no FLICKR

https://www.flickr.com/photos/98165338@N04/albums/72177720309388875

Em continuidade a programação a equipe do CIEBP realizaram explanação com sugestões e dicas na plataforma CANVA, em seguida todos participaram de oficina prática com elaboração de trabalhos diversos baseados em ações pedagógicas realizadas nas escolas.

Um dos objetivos deste trabalho foi conhecer a plataforma Canva para produções diversas, explorar seus recursos de layout, imagem, áudio e vídeo para elaboração de vídeos, folders e infográficos, de forma contínua, responsável e com fluência a ferramenta de design. Todo trabalho fomentando o uso de Metodologia Ativa com Rotação por estações.

Siga Instadecat!