terça-feira, 26 de março de 2013

Boa Leitura: Professor Digital

Por ALEXANDRE - 26/03/2013 às 09:33
O professor caiu na rede, e agora?
01/07/2012
Fonte: http://professordigital.wordpress.com/; Acesso em 26/03/2013


Enquanto alguns professores ainda resistem bravamente em manter sua aversão aos computadores e à internet e insistem na interação tradicional professor-aluno  outros já começam a experimentar a relação extra-classe virtual por meio das redes sociais on-line.

Em um primeiro momento o professor “perdeu o medo do computador”  e passou a utilizá-lo para si mesmo de várias maneiras. Depois, seduzido pelas possibilidades de uso da rede (internet) e, principalmente, das mídias sociais interativas, como Facebook, Flickr, MySpace, YouTube, Twitter e Orkut,  lançou-se de vez na rede.E agora? Como enfrentar as vantagens e desvantagens da super-exposição no mundo virtual?
Embora esse tema não seja ainda muito frequente no Brasil quando se fala da relação entre o professor e as novas tecnologias, os riscos da super-exposição de professores e alunos nas redes sociais já vem sendo debatidos há cerca de meia década nos Estados Unidos e na Inglaterra, onde as TICs já vem sendo utilizadas pelas escolas e pelos professores há mais tempo que aqui.
 Continue lendo ->->->

Tô na rede, e agora?
Para quem chega à internet pela primeira vez, tudo parece como um infinito e complicado mundo de cliques, botões, links, e “programinhas”. Mas, passada a fase de “susto” inicial, rapidamente todos pegamos o gosto pela navegação e nos deslumbramos com as possibilidades de interação.
“Estar na rede” significa, basicamente, três coisas:
1. Ter acesso a uma infinidade de fontes de informação sobre todo tipo de tema e em diversas formas de mídia;2. Ter a possibilidade de estabelecer inúmeros novos relacionamentos e construir novos círculos de amizades e interesses e;3. Expor-se para uma infinidade de pessoas desconhecidas com as quais se pode interagir de diferentes formas.Continue lendo ->->->